Maringa – PR ; Acidentes simultâneo, deixou 13 Vítimas. Colisão entre dois caminhões.

O acidente foi Na madrugada por volta das (0h50min) desta quarta-feira (13), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atendimento de uma colisão entre duas carretas na rodovia PR-317, proximidades do Condomínio Alphaville, com uma vítima presa nas ferragens. Foram despachados um caminhão de resgate e uma ambulância do Corpo de Bombeiros, um veículo de intervenção rápida – VIR SIATE (suporte avançado de vida composto por médico, enfermeiro/a e bombeiro condutor) e também Oficial de Área para gestão da cena.Ao chegar no local, confirmou-se a colisão envolvendo uma carreta de placas do Paraguai carregada com arroz a granel, estando seu único ocupante, o condutor, homem de 31 anos, preso às ferragens em estado grave. O outro veículo era um bitrem descarregado, cujo condutor recusou atendimento.Durante a fase inicial de atendimento, a Polícia Rodoviária Estadual informou que a cerca de 200 metros dali um novo acidente aconteceu, havendo mais vítimas presas às ferragens. Parte do efetivo foi designado para avaliação do novo sinistro, e constataram um cenário catastrófico: uma carreta carregada de pisos com cabine totalmente destruída e tombada, um automóvel fora de pista atingido na traseira e colidido frontalmente contra uma árvore, uma caminhonete prensada entre dois caminhões. Apesar da deformidade dos veículos, não havia presos às ferragens, mas um total onze vítimas, das quais 3 receberam atendimento, e outras 8 optaram por assinar termo de recusa. Estes três atendidos eram os ocupantes da caminhonete, homens com 18, 25 e 43 anos.Em razão da evolução do cenário inicial, mais recursos foram mobilizados: um caminhão de resgate do Corpo de Bombeiros; mais três ambulâncias, sendo duas do SAMU e uma do Corpo de Bombeiros, e o veículo de intervenção rápida – VIR SAMU. Em paralelo, a figura do Oficial Supervisor foi acionada para gerir os recursos que permaneceram em Maringá em caso de novas ocorrências.Além dos serviços de salvamento veicular e atendimento pré-hospitalar, foi realizada limpeza de pista em virtude de parte da carga de arroz estar espalhada misturada com óleo diesel que vazou de um dos tanques.Aproveitamos a oportunidade para publicamente agradecer nominalmente toda a equipe do Corpo de Bombeiros e do SAMU envolvida no atendimento, que pelo trabalho de elevado nível permitiram uma resposta de excelência às vítimas em um cenário tão complexo, que durou 5 horas: Sargento De Brito, cabo Borrasca, Soldado Mazarin, Soldado George, Soldado Figueira, Soldado Reinaldo, Médico Etore, Enfermeira Érika, Cabo Lopes, Médico Nilton, Enfermeiro Luiz, Condutor Arnaldo, Condutor Paulo Martins, Condutor Roberto Terrão, Auxiliar de Enfermagem David, Auxiliar de Enfermagem Cidinha, Soldado Justus, Soldado ngelo, Soldado Macri, Cabo Robson, Soldado Thierry e Soldado Gonçalves.Informações_Comunicação Social do 5º Grupamento de Bombeiros_

Deixe uma resposta