Comerciante é morto a tiro e tem o corpo queimado por causa de desacordo comercial em Mandaguaçu – PR.

Um homem foi morto com um tiro na cabeça, e em seguida teve o corpo colocado em um carro, após isso o suspeito percorreu varios quilômetros, com cadáver no veículo, na sequência abandou o carro com o corpo dentro e atiou fogo.

O crime foi no início da noite  de segunda-feira (10) na cidade de Presidente Castelo Branco, e o carro foi abandonado queimando na Cidade de Mandaguaçu – PR.

Funcionário de uma empresa acionaram a polícia após visualizarem a VW Parati queimando perto de um canavial, Zona Rural de Mandaguaçu. Com a chegada da PM, foi localizado dentro do carro um Corpo carbonizado.  A vítima trata se de Márcio da Silva, de 36 anos, morador da cidade de  Presidente Castelo Branco, onde tinha um comércio local. Segundo a polícia Márcio foi morto por causa de um desacordo comercial, na compra de um porco. O suspeito do crime já foi identificado, trata se de Cláudio Ferminio de Souza, de 48 anos, segundo informações, Márcio foi até a casa de Cláudio que mora em um sítio para cobrar a dívida de 300 reais.  Mas ouve uma discussão e Cláudio efetuou um tiro de espingarda em Márcio que morreu na hora.

De acordo com informações da Polícia Civil o corpo foi colocado no carro e abandonado queimando na Zona Rural de Mandaguaçu. O suspeito está foragido. A polícia trabalha para prender claudio.

Deixe uma resposta