EX – VEREADOR DE MARINGA E PM DA RESERVA FOI PRESOS EM FLAGRANTE PELO GAECO, OUTRAS DUAS PESSOAS TAMBÉM FORAM DETIDAS NA OPERAÇÃO.

O PM da reserva João Batista da Silva, conhecido como, Da Silva, e ex – vereador de Maringá, foi preso na manhã de quinta-feira (13/12) pelo (GAECO) Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado.

Da Silva e outras duas pessoas foram presos em flagrante, inclusive uma delas, também PM da reserva, Segundo o Gaeco, uma semana atrás, os três foram á pedido de uma pessoa fazer uma cobrança em um açougue da cidade e teriam levado produtos do local, segundo o proprietário os itens levado por eles passava do valor da dívida.

A vítima registrou um boletim que ocorrência e o caso passou a ser investigado pelo Gaeco. Ainda segundo as investigações o trio teria ameaçado o empresário para que ele retirasse a denuncia contra eles na delegacia.

Na manhã de quinta-feira os três voltaram no açougue para coagir o empresário e uma equipe do Gaeco estava no aguardo e deu a voz de prisão.  Da Silva e outros dois homens foram presos em flagrante. Eles foram autuados por coação, exercício arbitrário e associação criminosa, segundo o delegado eles podem pegar até oito anos de cadeia se no caso forem culpados.

Segundo o delegado do GAECO, Elmano Ciriato, foi estipulado para os presos uma fiança de 15 mil Reais para eles eles Responderem em liberdade, uma quarta pessoa que contratou o serviço do trio vai ser intimado para presta depoimento.

O ex – vereador foi levado junto com o outro PM para o 4° Batalhão de Policia Militar, já o Terceiro homem, foi encaminhado para n 9° SDP de Maringá.

 

Deixe uma resposta