Cansado de esperar a Prefeitura homem tenta cortar a árvore e quase morre.

Maringá – PR com um pouco mais de 400 mil habitantes considerada cidade modelo é uma das melhores cidade do País para se viver mas sofre com um problema que se arrasta anos após anos, gestão após gestão e o problema é tratado com pouco caso pelo poder público.

 

 

Os moradores da cidade até tentam resolver o problema que muitas das vezes acaba se tornando outro problema, com quedas de nível elevado e muitas das vezes indo parar no hospital.

Estamos falando das árvores com raízes podres que caem sobre casas, fiação elétrica, carros e até mesmos sobre pessoas.

Um fato que já está ficando rotineiro após o grandes volumes de chuvas que vem castigando a região nestas épocas do ano.

Fica a pergunta para o poder público até quando isso?

Na manhã de quarta- feira (07/11) um morador da rua Luiz Carlos Sossai, Vila Cafelândia em Maringá acabou indo parar no hospital após tentar cortar os galhos da árvore que estava em cima da  casa do seu vizinho.

O homem de 63 anos, o senhor Obadias da Silva Rocha caiu de uma altura de aproximadamente 5 metros e bateu a cabeça no piso.

Por sorte não sofreu fraturas mas ficou bastante agitado no local, ele foi socorrido pelo SIATE e encaminhado para o hospital.

Segundo o morador, ele já fez vários pedidos na prefeitura mas sempre criam um protocolo e falam que ele está na fila do corte e nunca resolvem o problema.

Cansado de esperar, ele pediu para o amigo realizar o corte que quase acabou em tragédia, depois disso ele está desanimado com a situação.

Lembrando que se você cortar as árvores sem autorização da prefeitura você será notificado e multado.

O medo vem junto com cada chuva, para os moradores que tem árvores podres dentro ou fora dos terrenos e ficam  a mercê da vontade da prefeitura.

 

Anúncios

Deixe uma resposta