Rebelião na Penitenciária Estadual de Maringá – PR. 3 reféns em poder dos detentos.

 

A situação deu inicio na manhã de quinta-feira (04) na Penitenciária Estadual de Maringá que fica localizada na cidade de Paiçandu.

Segundo a tenente Cristina, porta vós da PM 4° Batalhão de Maringá, o motim iniciou no momento que os agentes penitenciários distribuíam kits de higiene pessoal para os detentos na ala 07 e foram rendidos, um agente e dois presos, da ala chamada de seguro onde fica os presos que não tem um bom convívio com os outros presos das outras alas e também os que respondem por crime como Maria da Penha.

O agente e os dois presos segundo a PM estão bem, mas  as negociações já passam de 6 horas e a rebelião já chega a 11 horas, até esse momento nem uma informação a respeito se ouve algum avanço para o fim da rebelião.

As exigências dos presos é que o chefe de segurança e o diretor da penitenciária sejam trocados, porque segundo os familiares e os próprios preços, o chefe de segurança está dificultando as famílias  retirar as carteirinhas de visitas.

Mais de 100 homens entre PMs e 4 negociadores da Capital do Estado estão tentando negociar no interior da penitenciaria ha mais de 6 horas, a situação é tensa ao lado de fora entre os familiares dos detentos que temem pela segurança dos detentos das outras alas.

nós do maringa cidade urgente, estamos acompanhando e atualizando as informações, acompanhe também no facebook entrevistas e videos direto do local.

Deixe uma resposta